Grupo 9 2017-2

De Projeto Paisagístico
Ir para: navegação, pesquisa

APRESENTAÇÃO

O trabalho em questão consiste em uma análise crítica das diferentes paisagens urbanas ao decorrer do Córrego Acaba Mundo, focando na sua sensível relação com o modo de ocupação da cidade, destacando, dessa forma, quais trechos a urbanização doma ou se adequa ao recurso hídrico.

METODOLOGIA

O grupo, partindo da nascente, onde está localizada a Vila Acaba Mundo, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, percorreu o trajeto natural do córrego até o seu encontro com o Ribeirão Arrudas, na Avenida Andradas. Durante o trajeto, representamos, por meio de imagens e vídeos, os resquícios do córrego, a presença do rio na cidade e sua relação de conflito ou de comunhão com a paisagem.

CONCLUSÃO

Conclui-se, portanto, que a Avenida do Contorno apresenta-se como um limite, diferenciado duas tipologias de ocupação, em que na pós Contorno, o córrego é totalmente domado pelo traçado viário. Quanto à arborização e à paisagem natural, existe uma discrepância entre a natureza localizada na nascente e a presente no Parque J.K. e no Parque Municipal, nos quais a natureza é utilizada como elemento decorativo. Por fim, a relação do córrego com a ocupação na Vila Acaba Mundo apresenta-se como uma possibilidade de novas interações entre homem e natureza, distinguindo-se das formas predatórias da cidade formal.

LINK DO TP1


LINK DO TP2