Usuário:Juliana Sabino

De Projeto Paisagístico
Ir para: navegação, pesquisa

Resenha sobre os textos sobre Paisagismo no Brasil: - Sobre como difundir conhecimento em paisagismo. José Tabacow. - O homem e a paisagem construída. Eduardo Barra. - Sobre estética ecológica: Reflexões a partir de Rosa Kliass e Fernando Chacel. Cecilia P. Herzog - Paisagismo e ecogênese: A importante contribuição de Fernando Chacel ao paisagismo brasileiro. Vladimir Bartalini. - Entrevista Fernando Chacel. Antônio Agenor Barbosa.

No texto de José Tabacow "Sobre como difundir conhecimento em paisagismo", ele nos relembra de uma qualidade muito divulgada por Roberto Burle Marx, que é o interesse pela vida. Essa qualidade, segundo o paisagista, nos leva a um patamar acima de um projeto comum. No texto de Eduardo Barra "O homem e a paisagem construída", o autor fala de paisagens memoráveis construídas ao longo do tempo, ou seja, como elas não começam memoráveis mas que, com o tempo, elas se tornam memoráveis. O que pode acontecer, inicialmente, é que exista potencial em tais projetos chamados por Tabacow de "comuns", mas, como tudo na vida, esses projetos sofrerão alterações ao longo da sua execução e utilização. Esse potencial está relacionado com a qualidade de Burle Marx, já que o paisagista tinha percepções muito relevantes sobre a junção da natureza e os espaços livres com a estética. Outro conceito diretamente ligado à curiosidade pela vida é a Ecogênese de Fernando Chacel. O texto "Paisagismo e ecogênese - A importante contribuição de Fernando Chacel ao paisagismo brasileiro", de Vladimir Bartalini, fala um pouco da importância do livro "Paisagismo e ecogênese" de Chacel. Esse livro reflete sobre o desenho sustentável do paisagista no Brasil e sobre uma possível coexistência entre urbanização e desenvolvimento e conservação e recuperação da paisagem natural.